Ao contrário dos objectivos de muitos clubes de automóveis, O Real Clube de Veículos Antigos D. Carlos I - VilarClássicos, além de propagar a memória e feitos históricos de D. Carlos I, dedica-se também ao desenvolvimento de um futuro Projecto Museológico e especialmente, ao Culto do Coleccionismo através do restauro, divulgação e apreciação de todos os tipos de veículos de transporte (antigos e clássicos) automáticos, mecânicos ou manuais, desde os Landaus aos Ferraris e incluindo até comboios, barcos, bicicletas, aviões, etc.


O interesse pelos veículos antigos e clássicos inclui a assistência, aquisição, restauro, partilha de técnicas de conservação, exibição e manutenção de veículos Antigos (os construídos há mais de cinquenta anos) e Clássicos (os construídos há mais de vinte anos), bem como a promoção do desporto motorizado dos referidos veículos em provas de perícia e de regularidade, em convívios, passeios, concentrações, palestras, feiras de trocas, ralis, exposições e recriações históricas, entre muitos outros eventos promovidos acima de tudo para fomentar a confraternização dos seus Sócios Efectivos, Honorários e Patronos Especiais.

O Real Clube de Veículos Antigos D. Carlos I - VilarClássicos, em protocolo com vários Clubes internacionais, é composto por um número ilimitado de sócios (nacionais e estrangeiros ) muitos dos quais coleccionadores de verdadeiras “relíquias da história” (nas palavras de SAR O Duque de Bragança) e que já participaram em tais eventos de homenagem municipal como os desfiles de veículos Antigos de Ourém dedicados a Amália Rodrigues, Rainha do Fado (1995), Emanuel, Rei da Música Popular Portuguesa (1997) e Roberto Leal, Rei da Música Luso - Brasileira (2003) assim como outros Membros Associados somente apreciadores da beleza, ciência e charme que marcam os veículos antigos e clássicos.

Além de receberem convites para todos os eventos os Membros o Clube também oferece Seguros especiais da  Liberty Seguros, Seguradora Oficial em Protocolo.